Séc. VIII

  

Entre os séculos VIII e XII, época marcada pela influência árabe e por uma cultura que proibia terminantemente o consumo de bebidas fermentadas, a cultura da vinha e a produção de vinho mantêm-se, curiosamente, beneficiando do espírito benevolente e protector com que os árabes encaram os agricultores.

A fundação de Portugal, em 1143, e a conquista da totalidade do território português aos mouros, em 1249, permitem a instalação de ordens religiosas, militares e monásticas, que se tornam activos centros de colonização agrícola. O importante papel que o vinho assume nas cerimónias religiosas favorece a cultura da vinha e o vinho vai começando a fazer parte natural na dieta do homem medieval.

Lentamente, os vinhos de Portugal vão ganhando notoriedade, e na segunda metade do século XIV a produção de vinho conhece uma fase de grande desenvolvimento, e exportação.


  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube